• (18) 3822-3112
  • (18) 99736-9992
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

AET - Analise Ergonômica do Trabalho

O que é: Regida pela Norma Regulamentadora 17 do MTPS, AET é um conjunto de metodologias e processos que têm como finalidade buscar, identificar, analisar e aferir com perfeição as atividades e equipamentos ou ferramentas utilizados pelos profissionais em seu ambiente de trabalho.

Como funciona: A sua organização tem colaboradores que se expõem a atividades com risco ergonômico? Então é preciso realizar a Análise Ergonômica do Trabalho de modo individual para cada funcionário ou agrupando-os por atividades similares.

Esse tipo de atividade pode envolver aspectos como levantamento e transporte de cargas, esforço físico intenso, atividades com alta demanda cognitiva, movimentos repetitivos, postura inadequada, ritmo de trabalho intenso, entre outros. Desde atividades mais simples até mais complexas, já que ambas podem causar fadiga e/ou sobrecarga física.

Do mesmo modo, devem ser avaliados os riscos psicossociais e os seus impactos, como o estresse, a sobrecarga mental e outros problemas que podem ser desencadeados pelas atividades laborais.

Resumindo, a AET estabelece parâmetros para fazer as adaptações necessárias no ambiente de trabalho. O objetivo é assegurar que o trabalho seja adequado às características psicofisiológicas dos trabalhadores. Isso é feito por meio de medidas que estabeleçam conforto, segurança e o desempenho eficiente de suas funções.

A quem se Destina: A todos os funcionários da empresa.

Quem realiza: Médicos (com habilitação em ergonomia); Fisioterapeutas (com habilitação em ergonomia).

Que norma/Portaria Corresponde: Corresponde a NR-17, Iniciado pela Portaria MTb n.º 3.214, de 08 de junho de 1978, tendo sua última atualização vigente pela Portaria MTb n.º 876, de 24 de outubro de 2018.

Custo: Varia de acordo com a quantidade de funcionário.